segunda-feira, 27 de junho de 2011

COMO SURGIU A NOITE

Lenda indígena

Adaptação de Maria Thereza Cunha de Giácomo.
Ilustrações de Heinz Budwig .
Edições Melhoramentos .
São Paulo, 1974.


No princípio, a noite ficava escondida no fundo das águas.
Então era sempre dia. Ainda não tinha animais.
A filha da Cobra Grande queria se casar. Ela queria iluminar o casamento com uma fogueira .
Então pediu para o noivo buscar a noite com o pai, no meio do rio.
Saíram três índios em busca do caroço de tucumã .
Assim foi, os índios pegaram o caroço e a Cobra Grande disse que não era para abrirem no caminho.
Os três índios muito curiosos, ao ouvirem barulhos que vinham do caroço, não resistiram e abriram.
Tudo ficou no escuro.
Em um piscar de olhos,as coisas se transformaram em animais e aves na mata e em peixes no rio.
O casamento saiu como a índia queria.
Depois de um tempo,a filha da Cobra Grande, viu a estrela d'alva e separou a noite do dia formando a madrugada .
Enrolou uns fios de cabelo e formou o pássaro cujubim e ordenou que cantasse ao amanhecer o dia.
Fez um outro pássaro o inambu e pediu para que cantasse a noite .
Os três índios que não obedeceram foram transformados em macacos da cara preta.
E foi assim que surgiu a noite e os animais.

Reescrita de lenda
Aluno Breno Henrique- 5ANO B

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário